Quiosques para Shopping - Projeto e construção

Blog Quiosques para Shopping

Tendência de mercado: Quiosques de paletas mexicanas

Por Quiosques para Shopping em

Quiosques de paletas mexicanas

Um sorvete no palito, que pesa em média 120 gramas, recheado, vendido basicamente em shoppings centers e com sotaque latino. As paletas mexicanas, típico gelado que desembarcou no Brasil em 2012, tornou-se uma das grandes tendências do mercado de alimentação neste ano.

É a grande aposta do verão. Da mesma forma como o frozen yogurt se tornou febre há alguns anos e hoje se consolidou no mercado, a tendência é que a paleta também cresça e se torne uma opção regular no cardápio do consumidor brasileiro. Ficou interessado em investir no ramo? Confira nosso texto a seguir!

Como ela apareceu no Brasil

De começo tímido no Paraná e em São Paulo, as paleterias se espalharam pelo Nordeste, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais. A Helado Monterey, por exemplo, que surgiu na Bahia, em pouco mais de um ano de funcionamento já tem 100 lojas abertas em 9 Estados e estima fechar 2014 com 5 milhões de paletas vendidas. As diversas empresas criadas nesses três anos vendem em média 20 mil unidades por loja, com picos de 40 mil.

Características das paletas

O sorvete é semelhante ao picolé brasileiro, mas mais robusto. Tem formato retangular e custa de R$ 4 a R$ 9, dependendo do sabor e recheio.

Entre os sabores disponíveis atualmente, um dos mais pedidos é o morango com leite condensado. Recheios de doce de leite, brigadeiro e Nutella também são muito bem aceitos. Para quem quer fugir das altas calorias, as paletas têm opções de frutas, como kiwi e manga.

A mexicana e a brasileira são ambas feitas de modo artesanal. A grande diferença entre as paletas está concentrada no local de venda. A mexicana é um item muito popular e vendida em carrinhos semelhantes aos de picolés encontrados em parques e praças no Brasil. Já a versão nacional é comercializada em pontos de vendas modernos, além de ter ganho um toque gourmet e um mix de sabores chamativos.

Oportunidade de negócio

O momento para quem quer investir no mercado de sorvetes é propício. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ABIS), o consumo de sorvete no Brasil teve alta de 81,6% de 2003 a 2013 (em milhões de litros). Já o consumo per capita da guloseima cresceu 61,6% no mesmo período. A expectativa é de crescimento de 24% nos próximos quatro anos.

Uma opção é apostar em quiosques em shoppings. Esses espaços costumam ser muito disputados devido à visibilidade que possuem. Instalados nos corredores, eles permitem uma aproximação mais direta com o cliente, sem a barreira da vitrine. Além disso, não há uma única entrada, o quiosque permite contato em 360 graus com o consumidor.

O empresário pode optar por um negócio próprio ou abrir uma franquia. Assim como investir em uma loja, abrir um quiosque necessita dos mesmos cuidados: plano comercial, projeto de criação e instalação.

As taxas de franquias para lojas e quiosques tendem a ser iguais, mas o investimento inicial, somados equipamentos, decoração, estoque inicial e capital de giro, pode ser até 40% mais barato nos quiosques, além de terem o prazo de instalação e abertura do ponto bem menor.

Outro ponto importante é que um quiosque necessita, geralmente, de menos funcionários do que as lojas. Os quiosques também não pagam luvas (valores pagos como adiantamento ao locador, como compra do ponto).

E aí, ficou interessado em investir no ramo? O que acha desta tendência de mercado? Dê a sua opinião e fique ligado no blog!