Quiosques para Shopping - Projeto e construção

Blog Quiosques para Shopping

Franquia x marca própria: qual modelo escolher para o meu negócio?

Por Quiosques para Shopping em

Portrait of beautiful woman with hand on chin

Quem pretende abrir um negócio sempre se depara com a questão: abrir uma franquia ou criar sua própria marca? Os dois modelos de negócios obviamente têm vantagens e desvantagens. Como chegar a uma conclusão? Um negócio independente permite maior controle sobre o próprio funcionamento da empresa. Além, é claro, de não precisar pagar as taxas referentes à franquia. Por outro lado, o franchising pode oferecer uma certa segurança. Vamos discutir o que pode ser mais vantajoso? Veja a seguir.

Franchising dá segurança, mas é preciso ter atenção com taxas e regras

A maior vantagem da franquia como modelo de negócio é certamente que você terá uma empresa já com uma marca consolidada e uma certa expertise no setor. Geralmente para abrir uma unidade você precisa participar de um curso e seguir as regras do franqueador. O que o empreendedor deve entender é que para isso é preciso pagar. Uma rede de franquias é uma maneira da empresa expandir no mercado sem abrir lojas próprias, mas o objetivo dela ainda é o lucro. E claro que para ela lucrar você terá que contribuir com uma parte.

As taxas variam de acordo com a franquia, mas provavelmente será uma porcentagem sobre as vendas, royalties e taxas de publicidade. Lembre-se também de que muitas redes de franquia exigem que a loja seja uma réplica da original, então você terá que pagar um arquiteto, designer e empreiteira para montar o projeto no seu espaço. Tudo isso deve ser levado em consideração no seu capital inicial.

Cuidado com as franquias não consolidadas

Ao escolher uma franquia é preciso tomar muito cuidado. Não se deve olhar apenas a imagem da empresa, pois a marca pode ser conhecida, mas o modelo de negócios e exigências uma furada. Como assim? Algumas empresas começam a se expandir por meio de franquias sem tomar o devido cuidado e sem conhecer direito como funciona o sistema.

No final das contas, não dão a assistência necessária aos seus franqueados, exigem compra de produtos a preços maiores ou então não fazem um estudo adequado de concorrência. Deixam que haja várias lojas iguais em perímetros curtos da cidade, a famosa concorrência predatória. Isso aconteceu na década de 90 com uma famosa rede de fast food. Abriram tantas unidades lado a lado que ninguém mais conseguia lucrar. Não deixe de pesquisar bastante sobre o modelo de negócios da franquia que você escolher.

Marca própria permite mais controle sobre o negócio

Quem opta por abrir o próprio negócio tem uma série de vantagens. A melhor é ter controle pleno da sua própria empresa. Você vai criar seu próprio sistema e procedimentos. Lembre-se de que as franquias exigem regras de funcionamento no contrato. Além disso, existem aquelas taxas iniciais que você deve pagar ao franqueador. Em um modelo independente, você pode reservar esse dinheiro para engordar seu capital social.

As campanhas de publicidade, treinamento dos funcionários e compra de produtos, é de total autonomia do empreendedor. A marca própria, portanto, permite ter um controle maior sobre o próprio negócio.

Outro fator a considerar como vantagem de obter a marca própria é a possibilidade de crescer. Com uma franquia você tende a permanecer do mesmo tamanho, no máximo você pode abrir outra loja da mesma franquia em outro lugar. Já com a marca própria o céu é o limite, inclusive você pode no futuro abrir seu próprio sistema de expansão por meio de franquias da sua marca. Que tal?

O importante, então, é estudar bem os dois modelos de negócio e optar pelo que melhor se adapte as suas necessidades, orçamentos e anseios.

E você, qual opção acha que é melhor no seu caso? Franquia ou marca própria? Deixe seus comentários abaixo.